homem tirando encomendas do carro

Você já ouviu falar em Cultura Goods? Cultura Goods nada mais é do que a cultura da entrega de mercadorias em geral. Este conceito se baseia na mesma ideia do fast-food (comida rápida, na tradução em inglês), mas em vez de tratar de delivery de alimentos para consumo imediato se dedica ao delivery de bens de grande consumo, objetos e até documentos.

Origem da Cultura Goods

Muito difundida nos Estados Unidos e na Europa, a Cultura Goods ainda dá os seus primeiros passos no Brasil. Por sua vez, a cultura do fast-food faz sucesso por aqui desde os anos 1980, quando as pizzarias de São Paulo passaram a entregar nas casas dos clientes. Todavia, americanos e europeus já convivem com o delivery de mercadorias há décadas, com crescimento exponencial na segunda metade do século 20.

Pandemia e a Cultura Goods

Com a pandemia da Covid-19, cujos primeiros casos oficiais foram registrados em março de 2020, a Cultura Goods passou a ganhar corpo no Brasil por conta das medidas restritivas e do isolamento social.

É válido observar, inclusive, que muitos estabelecimentos comerciais tiveram de fechar suas lojas físicas nesse período. Dessa forma, as pessoas viram no delivery de mercadorias uma forma de receber seus produtos no conforto de casa, sem a necessidade de se deslocar – algo que já acontecia antes em relação aos pedidos de comida.

Cultura Goods é beneficiada pela tecnologia

Uma das principais aliadas do desenvolvimento da Cultura Goods em todo o mundo é a tecnologia. Historicamente, o telefone sempre foi o meio de comunicação mais utilizado no mercado de delivery.

Nas últimas décadas, com o boom da internet, os smartphones, aplicativos e sites vieram para facilitar ainda mais a vida das pessoas. A Cultura Goods também se beneficiou nesse sentido, uma vez que hoje é possível solicitar a entrega de mercadorias de diversas formas, recebendo-as no conforto de casa.

mulher recebendo mercadoria

Comodidade de receber mercadorias sem sair de casa é um dos principais benefícios da Cultura Goods/Foto: RoseBox/Unsplash

Principais benefícios da Cultura Goods (para empresas e pessoas físicas)

  • Disponibilizar a entrega de mercadorias para os clientes;
  • Oferecer desconto no frete ou até mesmo frete grátis aos clientes;
  • Redução de custos fixos;
  • Comodidade de receber mercadorias sem sair de casa;
  • Economia de tempo e recursos.

Principais benefícios da Cultura Goods (para os entregadores)

  • Incrementar a renda fazendo entregas;
  • Contar com uma alternativa ao delivery de fast-food, que costuma dar dor de cabeça;
  • Faturar dinheiro no tempo livre;
  • Possibilidade de usar o próprio veículo.

Você sabia?

A FreteFast é um aplicativo diferente em relação aos apps que entregam alimentos para consumo imediato. Nós entregamos mercadorias em geral, bens de grande consumo e até documentos, o que possibilita uma alternativa interessante aos entregadores, que podem dessa forma, entregar de tudo um pouco e, assim, faturar mais dinheiro. Ao mesmo tempo, evitam os transtornos que as entregas de fast-food costumam causar. É muito importante, nesse sentido, que os entregadores cadastrados na plataforma se mantenham online para que possam receber as chamadas de clientes.

entregador no trânsito para fazer entregas

Cultura Goods passou a ganhar corpo no Brasil por conta das medidas restritivas e do isolamento social/Foto: Rowan Freeman/Unsplash

Pergunta frequentes

  • O que é Cultura Goods?

Cultura Goods nada mais é do que a cultura da entrega de mercadorias em geral. Este conceito se baseia na mesma ideia do fast-food (comida rápida, na tradução em inglês), mas em vez de tratar de delivery de alimentos para consumo imediato se dedica ao delivery de bens de grande consumo, objetos e até documentos.

  • Qual é a origem da Cultura Goods?

Americanos e europeus já convivem com o delivery de mercadorias há décadas, com crescimento exponencial na segunda metade do século 20.

  • A Cultura Goods se desenvolveu durante a pandemia da Covid-19?

Com a pandemia da Covid-19, cujos primeiros casos oficiais foram registrados em março de 2020, a Cultura Goods passou a ganhar corpo no Brasil por conta das medidas restritivas e do isolamento social.

  • A tecnologia é uma aliada da Cultura Goods?

Nas últimas décadas, com o boom da internet, os smartphones, aplicativos e sites vieram para facilitar ainda mais a vida das pessoas. A Cultura Goods também se beneficiou nesse sentido, uma vez que hoje é possível solicitar a entrega de mercadorias de diversas formas, recebendo-as no conforto de casa.

  • A FreteFast é adepta da Cultura Goods?

Sim. A FreteFast é adepta da Cultura Goods, uma vez que trabalha com a entrega de mercadorias diversas.

Outros posts

Entregadores de aplicativo: dicas para uma entrega perfeita

Você presta serviço como entregador(a) de aplicativo? Caso sim, é muito importante se atentar a alguns pontos para estar sempre em busca da entrega perfeita, aquela que recebe a melhor avaliação possível dos clientes.  Uma entrega perfeita deve ser sempre o objetivo...